No primeiro mês de operação no Porto, a Emirates SkyCargo tem voado praticamente cheia, adiantou ao TRANSPORTES & NEGÓCIOS o director da companhia para Portugal.

Foi no passado dia 2 que a Emirates Sky Cargo passou a voar também para o Porto, quatro vezes por semana, às terças, quintas, sábados e domingos. Um mês praticamente cumprido, o balanço é muito positivo, de acordo com Fernando Gomes.

“O arranque da operação de carga da Emirates no Porto está a correr muito bem. Estamos a movimentar em praticamente todos os voos a capacidade máxima que um B777/200 pode levar”, referiu.

“Em 14 operações (só avião) foram movimentadas praticamente 150 toneladas de carga, muito acima das expectativas”, reforçou.

Acresce que se mantêm os “voos” dos camiões entre Porto e Lisboa. Uma solução de recurso que, à partida, o avião deveria substituir. “Temos ainda que manter a operação de camião diária via LIS para escoar a restante” carga, acrescentou o representante da Emirates SkyCargo.

Agora, com a entrada “a sério” no período de férias, as exportações deverão abrandar, mas ainda assim as expectativas são optimistas.

Aquando do arranque da operação, Fernando Gomes justificou a vinda para o aeroporto do Porto lembrando que “a zona norte sempre teve muita importância para a operação da Emirates SkyCargo, quer seja outbound ou inbound. No que diz respeito à exportação, estamos a falar de uma média que ronda os 40% a 50% do movimento total mensal”.

Com a instalação no aeroporto nortenho, a companhia do Dubai ficou também mais perto da Galiza e dos exportadores ali sedeados. “Talvez seja a altura de contrariarmos a tendência de perder cargas para Espanha”, disse então o gestor.

Os voos da Emirates saem do Porto às 17h35 e chegam ai Dubai às 4h15 do dia seguinte. O que permite “aos exportadores da zona Norte colocar carga, por exemplo, na China em pouco mais de 24 horas”.

Comments are closed.