A Emirates Sky Cargo anunciou para 1 de Fevereiro o arranque das tarifas “all in” no transporte de carga. Os carregadores europeus já aplaudiram a estreia mundial.

“O pedido para esta alteração partiu dos próprios agentes [de carga aérea] e clientes a nível mundial”, referiu ao TRANSPORTES & NEGÓCIOS o responsável pela área da carga da companhia em Portugal.

Numa carta enviada aos clientes, a 31 de Dezembro, a companhia explica que o novo tarifário resulta da ponderação do preço por quilograma e das sobretaxas de combustível e de segurança.

“Acreditamos que esta nova estrutura será mais simples e é um desenvolvimento positivo na forma como as tarifas são aplicadas”, refere a missiva da Emirates, assinada no caso português por Fernando Gomes.

“O retorno dos agentes tem sido favorável. Segundo os próprios, esta alteração irá facilitar a negociação com os clientes”, acrescentou o director da Emirates Sky Cargo.

As novas tarifas serão aplicadas a partir de 1 de Fevereiro nos envios com origem/destino na Europa e generalizadas a todo o network da companhia a partir de 1 de Março.

O Conselho Europeu de Carregadores já saudou a iniciativa. O responsável pelas questões da carga aérea, Joost van Doesburg, citado pelo “Lloyd’s Loading List”, falou num “início de ano de sonho” para os carregadores.

“O que os carregadores apreciam acima de tudo é poderem planear o futuro e prever quanto terão de pagar para transportar as suas cargas por via aérea. E o sistema “all in” torná-lo-á possível”.

O novo tarifário é anunciado numa altura em que o preço do barril de petróleo nos mercados internacionais atingiu o valor mais baixo dos últimos cinco anos.

Tags:

Comments are closed.