A Empark é o vencedor anunciado do concurso para a concessão do estacionamento de superfície na cidade do Porto. A decisão deverá ser formalizada na próxima terça-feira, na reunião do Executivo camarário.

Estacionamento - Porto

A empresa portuguesa superou a concorrência das espanholas Saba e Sacyr propondo-se pagar oito milhões de euros à cabeça, como fixado pela Câmara Municipal da Invicta, e ainda entregar 54,15% da receita bruta efectiva ao longo dos 12 anos da concessão, avançou a autarquia no seu site.

O concurso para a concessão da exploração dos cerca de 4 300 lugares de estacionamento à superfície na Invicta foi lançado no final do ano passado (depois de uma primeira tentativa, ainda no mandato de Rui Rio, que falhou por fata de interessados).

A autarquia justifica a concessão essencialmente com as dificuldades em garantir a fiscalização do estacionamento, com os prejuízos daí decorrentes em termos de receitas e para a gestão da mobilidade na cidade.

A concessão à Empark – garante a autarquia – não implicará aumentos nas taxas em vigor nem prejudicará as condições especiais de que beneficiam os moradores.

A Empark é líder ibérica na gestão de estacionamento – na via pública e em parques -, gerindo mais de meio milhão de lugares em Portugal, Espanha, Andorra, Reino Unido, Polónia e Turquia.

Em Julho, a empresa portuguesa ganhou a concessão dos 41 mil lugares de estacionamento do aeroporto de Gatwick (Londres), e com isso duplicou a presença no mercado britânico.

Comments are closed.