O Terminal Multiusos do Beato (TMB) reforçou a sua capacidade com uma grua móvel, avançou ao TRANSPORTES & NEGÓCIOS o director-geral da Ership Portugal.

TMB reforçou-se com uma grua móvel de 84 toneladas

A nova grua, que ontem mesmo chegou ao terminal do porto de Lisboa, é uma Liebherr 280, com uma capacidade máxima de elevação de 84 toneladas. Trata-se de uma máquina usada, “porque os tempos de entrega das novas são de vários meses”, justificou Pedro Pires Marques, mas “tem apenas cerca de 9 000 horas de actividade”. Com ela “praticamente duplicamos a capacidade de movimentação de cargas”, acrescentou o novo homem forte do TMB.

Para a próxima semana são esperadas “duas novas pás carregadoras”, prosseguindo assim o processo de “renovação do equipamento” para, justificou o gestor, responder ao aumento da actividade e, também, ou sobretudo, melhorar a produtividade das operações, reduzindo os tempos movimentação das mercadorias.

Com mais estes reforços, eleva-se para “cerca de seis milhões de euros” o investimento já realizado pela Ership no Terminal Multiusos de Beato, onde entrou em Dezembro passado com a compra de 70% da sociedade a Sebastião Figueiredo, sintetizou Pedro Pires Marques.

Passaram ainda poucos meses, mas as mudanças já começam a notar-se, apesar do difícil contexto do porto de Lisboa. “A tendência é de crescimento da actividade e de melhoria dos resultados, do lado dos custos. Em Abril, pela primeira vez em cinco anos, tivemos resultados antes de impostos positivos. Sem recurso a extraordinários”, rematou.

 

Comments are closed.