Espanha vai reduzir em 10% as taxas portuárias suportadas pelas mercadorias. O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro Mariano Rajoy.

A medida, prevista no Orçamento do Estado espanhol para 2018, prevê ainda que os coeficientes de correcção serão modificados e que serão mantidas as bonificações nas taxas de ocupação e uso dos portos.

Os planos do governo de Espanha para o sector passam ainda pela criação de um fundo de portos 4.0 para apoiar a criação de startups orientadas para projectos de I+D+i no âmbito portuário.

Mariano Rajoy, que fez estes anúncios na inauguração do porto de Granadilla (Tenerife), avançou ainda os dados do tráfego portuário em Espanha no ano passado.

Os portos do país vizinho movimentaram  545 milhões de toneladas em 2017, o que representou uma melhoria de 7% em relação aos mais de 509 milhões de toneladas de 2016.

Com este resultado, o tráfego de mercadorias no país vizinho duplicou desde 1992 – o ano em que a Puertos del Estado foi criada.

 

 

This article has 3 comments

  1. senhora ministra do mar veja se desce também as taxas dos portos portugueses já que não consegue negociar as concessões dos terminais de mercadorias para não perdermos mais competitividade para portos espanhóis

  2. SENHORA MINISTRA TEM QUE DESCER AS TAXAS PORTOS PORTUGUESES PARA NÃO PERDER MAIS COMPETITIVIDADE FACE AOS PORTOS ESPANHÓIS

  3. SENHORA MINISTRA TEM QUE DESCER AS TAXAS PORTOS PORTUGUESES PARA NÃO PERDER MAIS COMPETITIVIDADE FACE AOS PORTOS ESPANHÓIS JÁ QUE NÃO CONSEGUE RENEGOCIAR AS NOSSAS CONCESSÕES DOS TERMINAIS DE MERCADORIAS !