Os governos de Espanha e França deverão lançar nas próximas o concurso para a exploração de auto-estradas ferroviárias nos eixos Atlântico e Mediterrânico. O anúncio foi feito ontem pelo ministro do Fomento espanhol, Iñigo de la Serna, no fim de um encontro com a ministra dos Transportes francesa, Elisabeth Born

AE Ferroviária

O novo concurso segue-se à chamada de apresentação de manifestações de interesse – de operadores e construtores de material circulante – lançada em Abril último e que atraiu vários players internacionais.

É, de resto, com base nas propostas desses interessados que os governos dos dois países estarão agora a preparar o concurso para a exploração das duas AE ferroviárias.

A ideia de ambos os países é potenciarem o tráfego de mercadorias por ferrovia pelas respectivas fronteiras, com isso retirando camiões das estradas, muito congestionadas nas passagens dos Pirinéus, no País Basco e na Catalunha.

Outro dos temas discutidos durante a reunião foram as conexões ferroviárias entre os dois países. O Ministério do Fomento espanhol tem como objectivo garantir que, até 2023, todas as linhas de Alta Velocidade estejam conectadas à fronteira francesa.

Foi também decidido que os governos da Espanha e da França vão reivindicar à TP Ferro, concessionária do Túnel de Pertús até que a exploração foi à falência, em 2016, uma indemnização pela situação gerada na ligação entre Figueras e Perpignan, que ambos os governos tiveram de assumir.

 

 

 

Comments are closed.