Espanha vai arrancar a 1 de Julho com o plano de incentivos à transferência de camiões, das estradas nacionais congestionadas para as auto-estradas.

Espanha - Portagens

No imediato, o plano abrange seis troços de estradas nacionais, num total de 326 quilómetros. A transferência dos camiões é voluntária e o preço das portagens é bonificado em 50%.

O plano inicial da ministra Ana Pastor visava proibir os camiões de circularem em 1 300 quilómetros de 16 estradas nacionais de faixa única, obrigando-os a utilizarem as auto-estradas.

Contra os argumentos da Oposição, o governo do PP salienta que a finalidade é aumentar a segurança rodoviária e diminuir o congestionamento nas estradas nacionais.

A confederação dos transportadores rodoviários de mercadorias, que criticou o plano original, já criticou também a pouca ambição da solução agora adoptada.

O Executivo madrileno estima que a medida de transferência voluntária do tráfego de pesados, das estradas nacionais para as auto-estradas, abrangerá 1,3 milhões de camiões.

 

Os comentários estão encerrados.