Numa legislatura muito marcada pela crise, Espanha deverá investir 14,2 mil milhões de euros na expansão da rede de Alta Velocidade ferroviária.

O número foi avançado pela ministra do Fomento do país vizinho, em Ourense. Ana Pastor destacou como momentos marcantes do sector, nos últimos anos, o arranque dos serviços internacionais de AV com França, a chegada a Figueras ou a Alicante e o início da exploração de vários troços do Eixo Atlântico.

Só para o ano corrente, ano de eleições legislativas, o governo de Madrid propõe-se investir 3,6 mil milhões de euros na expansão da rede, de modo a levar a Alta Velocidade a mais oito capitais de província.

A ministra sublinhou ainda o crescimento acelerado do número de passageiros da Alta Velocidade, consequência da crise e da agressiva política comercial da Renfe: em 2014 foram mais de 29 milhões, contra 25,4 milhões em 2013.

Desde 1992, quando foi inaugurada a primeira linha, aquando da Expo de Sevilha, a Alta Velocidade espanhola já transportou mais de 200 milhões de passageiros.

Tags:

Comments are closed.