Os portos espanhóis criaram o fundo Puertos 4.0. O objectivo é promover a inovação como elemento de competitividade no sector logístico-portuário espanhol, tanto público como privado.

O fundo Puertos 4.0 arranca com uma dotação de 25 milhões de euros, correspondentes a 1% da liquidez anual de cada autoridade portuária de Espanha e estabelece um período mínimo de contribuição de quatro anos.

A actividade será gerida por uma união temporária de empresas formada pela consultora KPMG e pela Insomnia, o centro de inovação de Valência. Esta entidade conjunta estará presente em 12 portos de interesse geral do país vizinho.

O fundo Puertos 4.0 destina-se a financiar projectos de inovação em qualquer fase de desenvolvimento, para incentivar a criação ou consolidação de companhias emergentes ou existentes no sector logístico-portuário. A primeira chamada para este fundo está prevista para Julho próximo.

O financiamento às empresas candidatas dependerá do grau de desenvolvimento do projecto. Aqueles que estão na fase inicial ou emergente podem assegurar 15 mil euros. Aqueles em fase de desenvolvimento terão entre 50 mil euros e um máximo que será o valor mais baixo entre 60% dos custos da componente inovadora ou um milhão de euros. Por fim, os projectos em fase de expansão ou comercialização poderão obter até dois milhões de euros de apoio.

 

 

Comments are closed.