O Ministério do Fomento espanhol concedeu mais 42 milhões de euros de ajudas ao redimensionamento do sector do transporte rodoviário (de mercadorias e passageiros) mediante o abandono da actividade por empresários “autónomos”.

As ajudas contemplaram 847 empresas de transporte rodoviário de mercadorias, com uma frota agregada de 974 veículos, e 12 empresas de transporte rodoviário de passageiros, com um total de 157 veículos.

Dos 42 milhões de euros atribuídos, cerca de 16 milhões respeitaram aos semestres que faltam aos empresários para atingirem os 65 anos de idades, e os restantes 26 milhões visaram o cancelamento do alvará de transportador.

O governo espanhol retirar da actividade cerca de 5 000 transportadores rodoviários entre 2009 e 2012. Para isso dispõe-se a investir uma média de 60 milhões de euros anuais.

O programa de incentivos ao abandono da actividade de transportador rodoviário visa os chamados “autónomos”, donos de pequenas empresas, com mais de 58 anos de idade.

Comments are closed.