Espanha continua a liderar o crescimento das vendas de camiões na Europa. O Reino Unido ultrapassou a França como segundo maior mercado europeu.

Scania

Entre Janeiro e Agosto, as vendas de pesados de mercadorias na União Europeia atingiram as 204 679 unidades, mais 16,6% do que no mesmo período de 2014.

Entre os principais mercados, Espanha é o que mais cresce (49,3%) somando 13 055 veículos. Seguem-se-lhe o Reino Unido, com um ganho de 38,3% até aos 27 624 camiões. E a Polónia, a subir 25,3% para 13 396 matrículas.

A Alemanha, o maior mercado de todos, ganha 1% apenas com 58 197 registos, enquanto a França avança 7,7% para 27 011. E foi assim ultrapassada pelos britânicos.

Luxemburgo, Grécia e Estónia são os únicos mercados que permanecem no vermelho, de acordo com as estatísticas divulgadas pela ACEA.

Em Portugal foram matriculados 2 317 pesados de mercadorias de +3,5 toneladas, o que representa um crescimento homólogo de 44%. Em Agosto, o mercado nacional disparou 65,6%, tendo passado de 151 para 250 matrículas.

Numa outra dimensão, Espanha ficou lá perto, com um salto homólogo de 59,5% até às 1 128 matrículas. A Polónia cresceu 30,1% (1 448 matrículas), a Itáçia 24,6% (1 207), o Reino Unido 15% (2 643).

A Alemanha avançou uns tímidos 0,6% (6 033 registos), enquanto a França somou 6,8% e chegou aos 1 752 camiões.

Comments are closed.