O descanso semanal de 45 horas na cabina será proibido em Espanha a partir de 1 de Julho. A decisão será incorporada na reforma da lei sobre o transporte terrestre que o país vizinho está a preparar.

A proibição do descanso semanal a bordo do camião permitirá que Espanha cumpra a legislação comunitária. Recorde-se que o Tribunal de Justiça da União Europeia confirmou, numa sentença de 20 de Dezembro de 2017, que aquele descanso não pode ser realizado na cabina.

A Federação Espanhola de Transportadores (Fenadismer) aplaude a alteração. “Esta medida permite [que Espanha] se junte a outros países europeus com o objectivo, partilhado pela Fenadismer, de lutar contra a concorrência desleal. Os transportadores dos países do Leste contratam motoristas em condições precárias, esses trabalhadores nómadas trabalham e vivem permanentemente no seu camião, passando longos períodos fora do país de residência”, refere a associação.

Os comentários estão encerrados.