A Construcciones y Auxiliar de Ferrocarril (CAF) ganhou o maior concurso para a compra de material circulante alguma vez promovido pelos caminhos-de-ferro da Letónia: são 400 milhões de euros.

O contrato ganha pela empresa espanhola prevê o fornecimento de um total de 41 composições, sendo 34 eléctricas e sete a diesel, além da respectiva manutenção por um prazo de 30 anos, em instalações que serão também construídas de raiz.

Os modelos escolhidos pela Letónia baseiam-se na plataforma Civity para os serviços suburbanos e regionais.

Quer as UME quer as UMD serão compostas por três carruagens de piso rebaixado. Cada composição pode transportar entre 270 e 300 passageiros sentados e entre 150 e 190 passageiros de pé, a uma velocidade máximo de perto de 140 km/hora.

Em Portugal, a CAF tem a circular UQE na CP Lisboa e na Fertagus.

Os comentários estão encerrados.