Chama-se Transporter, foi lançada no início do ano em Bilbau, Espanha, e assume-se como a Uber da entrega de encomendas. Os responsáveis pela empresa explicam que o modelo de negócio passa por “aplicar a economia colaborativa ao sector do transporte de encomendas”.

transporter_movil

Desde a empresa salientam que o projecto “oferece preços mais económicos dos envios (um envio de dois quilos custa três euros) e pegada ecológica zero, já que optimiza os espaços e as deslocações dos cidadãos, sem emissões de CO2 extra”.

O projecto baseia-se em três pilares: as Transporter Stores para entrega e recolha dos pacotes; os Transporters, isto é, cidadãos que aproveitam as suas viagens para levarem as encomendas para outras cidades; e os clientes.

As Transporter Stores são negócios de outros sectores já activos, como quiosques ou outras lojas, que se transforam em pontos de entrega e recolha de encomendas. “Estes estabelecimentos conseguem mais afluência e fidelização dos seus clientes graças à Transporter, conseguindo aumentar receitas e vendas”, indica o comunicado.

A companhia arrancou no início deste ano e conta com 17 Transporter Stores em 11 cidades de Espanha: Madrid, Barcelona, Bilbau, Saragoça, Sevilha, Málaga, Granada, Córdoba, Múrcia, Alicante e Valência.

 

 

Os comentários estão encerrados.