Mais duas concessões rodoviárias renegociadas e mais 594 milhões de euros poupados pelo Estado, anunciou hoje o secretário de Estado dos Transportes.

PPP

O Conselho de Ministros aprovou hoje as alterações aos contratos das concessões rodoviárias Norte Litoral e Beira Interior, que representam uma poupança para o erário público de cerca de 594 milhões de euros, segundo Sérgio Monteiro.

Em conferência de imprensa, no final da reunião do Executivo, o secretário de Estado das Infraestruturas explicou que esta poupança soma-se à de cerca de dois mil milhões de euros conseguida nas primeiras seis parcerias público-privadas (PPP) renegociadas – Norte, Grande Lisboa, Costa da Prata, Grande Porto, Beira Litoral e Beira Alta, da Ascendi, e do Interior Norte, da NorScut -, cujo peso para o erário público passou de 11 400 milhões de euros para menos de 9 500 milhões de euros.

O processo de renegociação das PPP rodoviárias permitirá uma redução de encargos futuros estimada pelo Governo em 7,2 mil milhões de euros ao longo do prazo remanescente dos contratos.

Ontem mesmo, no Parlamento, o ministro da Economia, Pires de Lima, sustentou que o Governo deu prioridade à renegociação das PPP rodoviárias sobre as ferroviárias, face à inexistência de meios para atacar todos os dossiers em simultâneo.

Tags:

Comments are closed.