Os sindicatos de estivadores espanhóis cancelaram as greves marcadas para hoje, segunda e terça-feira para dar tempo aos operadores portuários para ajustarem a sua posição, depois da saída de várias empresas da Anesco.

Estivadores - SAGEP- Espanha

A iniciativa de pedir a suspensão da greve terá partido da Associação das Empresas Estivadoras Portuárias de Barcelona. “Dizem-nos que precisam de alguns dias para reunirem com a Anesco. Enquanto isso, pedem-nos tranquilidade nos portos e por isso desconvocamos estes dias de paragem”, disse à imprensa do país vizinho o representante sindical Antolín Goya.

A Anesco, associação patronal representativa dos operadores portuários, vive um momento delicado, com uma divisão clara entre os seus membros e até a saída de alguns (Bergé, Ership, Algeposa), na sequência dos acordos unilaterais firmados entre vários dos seus membros e os representantes dos estivadores.

É, assim, previsível que a Anesco altere a sua posição negocial.

Facto é que nos últimos dias as paralisações parciais dos trabalhadores portuários já só afectaram as operações dos terminais que não chegaram a acordo com os sindicatos.

 

 

Os comentários estão encerrados.