A euroAtlantic airways vai deixar a STP Airways, mas continuará a voar para São Tomé e Princípe, agora com a sua marca própria.

A euroAtlantic chegou a acordo com o governo de São Tomé e Príncipe para vender a participação de 40% que detém na STP Airways, abandonando igualmente a gestão da transportadora até Outubro, anunciou o fundador e presidente da companhia aérea portuguesa.

Tomaz Metello disse ainda que apesar da venda das acções e da saída da gestão da STP Airways, a empresa portuguesa vai manter os voos para São Tomé e Príncipe, agora com a marca euroAtlantic.

O Governo de São Tomé e Príncipe anunciou em Junho passado a intenção de terminar o contrato que mantinha com a euroAtlantic para a gestão da STP Airways até final de Outubro, tendo, entretanto, assinado um acordo com a companhia equato-guineense Ceiba, que irá colocar aviões ao serviço da STP Airways operados pela empresa portuguesa White.

A euroAtlantic acusou então as autoridades de São Tomé e Príncipe de terem assinado o memorando com os novos parceiros, ignorando o maior parceiro privado e sem levar o acordo à assembleia-geral de accionistas.

 

Comments are closed.