A Eurotunnel acaba de reforçar a capacidade do seu terminal de camiões de Folkestone, de modo a poder processar até 300 camiões/hora. A ideia é poder fazer um “shuttle” a cada sete minutos e meio.

Eurotunnel

Em concreto, foram adicionadas cinco faixas de acesso à portaria do terminal e um novo serviço de check-in dos camiões. Juntos, os dois melhoramentos permitem tornar mais fluída a saída dos camiões da estrada nacional de acesso ao terminal britânico a entrada no recinto fechado (mais seguro) e acelerar a formação dos comboios com destino a França.

Esta ampliação insere-se no projecto “Terminal 2015”, através do qual a Eurotunnel se propõe aumentar a capacidade de processamento de camiões nos terminais de Folkestone e de Coquelles (do lado de cá da Mancha) e, logo, aumentar o número de comboios realizados.

Faz ainda parte deste projecto a aquisição de três novas “lançadeiras”, que deverão entrar ao serviço mais adiante ainda este ano. E com ela os terminais poderão movimentar até 300 camiões por hora, o que permitirá formar um comboio completo a cada sete minutos e meio.

A ideia é, no fundo, responder ao aumento do tráfego de camiões entre o Reino Unido e a Europa continental. No ano passado foram 1,5 milhões de camiões, dentro de dez anos deverão ser dois milhões, prevê a Eurotunnel.

 

Comments are closed.