O serviço de transporte de camiões no túnel da Mancha fechou Março com 152 943 veículos transportados, um volume 5% superior aos 146 292 do mesmo mês de 2018 e um recorde absoluto para o terceiro mês do ano.

As lançadeiras da Eurotunnel que ligam Calais a Dover transportaram 440 012 veículos no acumulado do primeiro trimestre de 2019, mais 4% do que no período homólogo do exercício anterior.

Quanto aos veículos de passageiros transportados, a Eurotunnel indica que o volume caiu 4% em Março, para um total de 174 767 viaturas. A companhia justifica a descida com o facto da Semana Santa ter ocorrido em Março no ano passado e em 2019 só ocorrer em Abril.

No acumulado do primeiro trimestre do ano em curso, quase 490 000 veículos de passageiros utilizaram as lançadeiras do túnel, menos 2% do que no período homólogo de 2017.

Preparada para o Brexit

Entretanto, o operador do serviço trans-Mancha indica ter investido “dezenas de milhões” de euros na preparação do Brexit. A Eurotunnel afirma, por isso, ter feito a sua parte para que as mercadorias entre o Reino Unido e a União Europeia continuem a ter um bom fluxo.

A companhia indica que as mudanças operadas para cumprir os regulamentos alfandegários franceses causaram perdas de 110 000 passageiros e milhares de camiões. Não obstante, a Eurotunnel tem como objectivo que os controlos fronteiriços realizados após o Brexit não tenham um impacto muito significativo no movimento de pessoas e bens na infra-estrutura.

 

Tags:

Comments are closed.