A Evergreen acaba de contratar o fretamento de 11 navios de 18 000 TEU… que poderão ser “aumentados” até aos 20 000 TEU.

O negócio envolve o armador japonês Shoei Kisen Kaisha e os estaleiros nipónicos da Imabari Shipbuilding. O primeiro navio deverá ser entregue no início de 2018, sucedendo-se as entregas até ao final de 2019.

Os novos navios terão 400 metros de comprimento e 56 metros de largura, o que lhes garante uma capacidade de transporte de 18 000 TEU. Mas “pequenos” ajustes no design permitirão elevar a capacidade nominal até aos 20 500 TEU.

A Evergreen resistiu durante muito tempo à compra de novos navios, e mais ainda à encomenda de “gigantes”, o que a fez perder terreno no ranking dos maiores operadores mundiais em termos de capacidade.

Com esta encomenda, a companhia de Taiwan junta-se ao clube ainda restrito de operadores com navios de 18 000 TEU (no activo ou encomendados), em que pontificam a Maersk Line, a MSC e a CSCL, a CMA CGM e a UASC.

 

Os comentários estão encerrados.