No espaço de três meses, o grupo Evergreen contratou a construção de 20 porta-contentores, com capacidade de 8 000 TEU cada.

Ambos os negócios foram acordados com a Samsung Heavy Industries (Coreia do Sul), que assim garantiu um encaixe de cerca de dois mil milhões de dólares.

Os primeiros dez navios deverão entrar ao serviço a partir de 2012, e os agora anunciados começarão a ser entregues um ano depois. Destes, sete serão propriedade da Evergreen Marine e os restantes três pertencerão à Evergreen International, sedeada no Panamá.

O presidente da Evergreeen, Chang Jung-Fa, surpreendeu este ano o mercado com o anúncio da intenção de comprar uma centena de navios, num horizonte de dez anos, para reforçar a frota. A Evergreen, número quatro no ranking mundial, era até então o único armador sem encomendas colocadas.

Jung-Fa justificou a opção com o facto de o momento ser favorável à compra de navios a bom preço. Mas a verdade é até ao momento apenas foi possível chegar a acordo com a Samsung Heavy Industries.

O plano inicial da Evergreen aponta para a compra de 32 navios de 8 000 TEU este ano, pelo que ainda se poderá anunciar o anúncio de mais 12 encomendas até Dezembro.

A Evergreen opera com uma frota de 162 navios, sendo 88 próprios e 74 fretados, num total de cerca de 614 mil TEU de capacidade de transporte (quota de 4,2% do mercado mundial).

Os comentários estão encerrados.