Os próximos 30 dias serão pródigos em avanços no Ferrovia 2020, a avaliar pelas garantias hoje dadas no Parlamento pelo ministro do Planeamento.

 

 

Numa audição promovida pelo PCP, Pedro Marques afirmou que “nos próximos 30 dias” será lançado o concurso para a construção do troço Évora-Elvas do denominado Corredor Internacional Sul.

O valor da obra, já se sabe, é de cerca de 400 milhões de euros, o que fará deste o “maior concurso de linha férrea em 100 anos”, sustentou o ministro. O investimento será co-financiado em cerca de 140 milhões de euros pelo CEF.

Mas as novidades não se ficarão por aqui. No prazo de um mês, palavra do ministro, também avançarão as obras de modernização do troço Elvas-fronteira, também do Corredor Internacional Sul, e bem assim a modernização do troço Covilhã-Guarda da Linha da Beira Baixa.

Esta semana, o “Público” deu conta que em dois anos apenas 15% das obras previstas no Ferrovia 2020 saíram do papel. Hoje, no Parlamento, Pedro Marques, acusou o anterior Executivo de ter promovido apenas “dois projectos técnicos” no âmbito do PETI.

 

Este artigo tem1 comentário

  1. O MINISTRO DOS TRANSPORTES SÓ FAZ FIGURAS TRISTES A SABER TODOS MESES ANUNCIA AS MEDIDAS CUJOS PRAZOS NUNCA CUMPRE RS NOVA LINHA FERROVIÁRIA ENTRE ÉVORA E ELVAS, NOVA PISTA PARA AEROPORTO DE LISBOA NO MONTIJO, NEM SEQUER CONSEGUE ATINGIR O CALENDÁRIO MÍNIMO FO FERROVIA 2020 PIOR É IMPOSSÍVEL OU ATÉ NÃO PQ A MINISTRA MAR É CÓPIA DELE NÃO CUMPRE O CALENDÁRIO RENEGOCIAÇÕES CONCESSÕES TERMINAIS MERCADORIAS ETC QUERIAM GERINGONÇA AÍ ESTÁ ELA NO PIOR !