As principais marcas europeias de camiões estão a ser alvo de uma investigação levada a cabo pelo Office of Fair Trading (OFT) britânico, por suspeita de concertação de preços.

A Mercedes-Benz, a Scania e a Volvo confirmaram estar sob investigação e garantiram a disponibilidade para colaborarem com as autoridades.

Já a Iveco limitou-se a dizer, através de um porta-voz, estar ao corrente da investigação e disponível para colaborar, sem especificar se já foi directamente inquirida.

O OFT confirmou as investigações mas escusou-se a tecer comentários sobre os resultados até agora obtidos. Igualmente não adiantou o teor das suspeitas. Todavia, uma fonte de uma das marcas investigadas referiu tratar-se de questões relacionadas com a fixação concertada dos preços dos veículos.

De acordo com a legislação britânica que regula a concorrência, o OFT pode impor aos prevaricadores multas até um montante equivalente a 10% da facturação global da empresa.

No ano passado as vendas de camiões no Reino Unido recuaram 54%, por causa da crise.

Comments are closed.