A DFDS recebeu o primeiro de seis mega ferries encomendados ao estaleiro chinês Jinling. O Gothia Seaways passa a ser o maior navio ro-ro da companhia.

A embarcação, que está, agora, a caminho da Turquia, entrará ao serviço em Março. A DFDS espera dar com ela resposta à procura de capacidade entre a Turquia e a UE.

O Gothia Seaways tem 55 780 toneladas de arqueação bruta, um comprimento de 237,4 metros e uma capacidade de carga de 6 700 metros lineares de carga, equivalentes a cerca de 450 semi-reboques. O navio pode navegar a uma velocidade de 21 nós.

Os ferries de carga encomendados ao estaleiro Jingling estão equipados com um sistema de três rampas de popa independentes e rampas internas em cada lado do navio. Esse facto permite às embarcações carregarem e descarregarem semi-reboques “com rapidez e eficiência”, o que “reduzirá consideravelmente o tempo no porto”, de acordo com a DFDS.

Mais dois navios ro-ro serão entregues à companhia este ano, com outros três a serem adicionados à frota em 2020.

Devido à grande capacidade dos seis ferries, o consumo de energia por semi-reboque “será significativamente reduzido”, segundo a DFDS. Os navios serão equipados com filtros de gases de escape (scrubbers) para cumprirem o limite de 0,5% de teor de enxofre no combustível que vigorará a partir de Janeiro de 2020.

 

 

Tags:

Comments are closed.