A FECTRANS convocou para dia 26 os dirigentes e activistas sindicais para avaliar as propostas que espera receber da ANTRAM.

 

O encontro, previsto para Oliveira de Azeméis, foi decidido na última reunião de Direcção da FECTRANS, e tem como objectivo permitir aos sindicalistas a discussão e análise dos últimos desenvolvimentos negociais no
sector do transporte de mercadorias.

“Estamos à espera das propostas da ANTRAM, que iremos analisar e levar ao encontro de dia 26, onde veremos a evolução da situação (…) e decidiremos o que fazer”, disse à “Lusa” José Manuel Oliveira, coordenador da FECTRANS.

A FECTRANS apresentou informalmente à ANTRAM, no passado dia 4, uma proposta para que, em Janeiro de 2021, o salário base dos motoristas de pesados de mercadorias passe para os 850 euros, acrescido dos diversos subsídios de função e das diuturnidades.

A proposta é inferior ao pretendido pelo SNMMP e pelo SIMM, que na segunda-feira romperam as negociações com a ANTRAM e confirmaram o pré-aviso de greve a partir de 12 de Agosto.

Segundo José Manuel Oliveira, a FECTRANS não rompeu negociações e aguarda, por isso, a respectiva proposta, para levar ao encontro de dia 26.

Segundo fonte sindical, existem em Portugal cerca de 50 000 motoristas de veículos pesados de mercadorias, 900 dos quais a transportar mercadorias perigosas.

 

Tags:

Comments are closed.