A Federal Express (FedEx) volta a liderar o ranking mundial da carga aérea da IATA. Mas a Turkish Airlines e a Qatar Airways destacam-se pelo rápido crescimento.

As 25 maiores companhias aéreas no transporte de carga cresceram 7,2% no ano passado, face a 2016, em termos de toneladas-km, de acordo com o IATA World Air Transport Statistics.

A FedEx manteve a liderança, com um crescimento homólogo de 7,2%, alavancado pela compra e integração da TNT Express, em meados de 2016.

Nos lugares seguintes do pódio mundial continuam a Emirates e a UPS, com crescimentos homólogos de 3,6% e 6%.

Mas a Qatar Airways está cada vez mais perto. Depois de ter crescido 27,7% em 2015 e 20,4% em 2014, a companhia do Médio Oriente somou 19,3% em 2017 e com isso ultrapassou no ranking aCathay Pacific e ascendeu ao quarto posto.

A maior subida – cinco lugares, para a 15.ª posição – foi, porém, da Turkish Airlines, resultado de um crescimento de 29,9%  nos volumes transportados, medidos em toneladas-km.

Entre os principais players do sector, só a Luftansa anunciou um ligeiro retrocesso nos volumes transportados em 2017 face a 2016 (-0,9%). A companhia germânica perdeu, assim, um lugar no ranking e terminou o ano no oitavo posto.

Top 15 da carga aérea (ton-km)

Federal Express

Emirates Airline

UPS

Qatar Airways

Cathay Pacific Airways

Korean Air

Cargolux

Lufthansa

Air China

Singapore Airlines

Chinha Southern Airlines

China Airlines

AirBridge Cargo Airlines

All Nippon Airways

Tukish Airlines

Tags:

This article has 1 comment

  1. A DHL tenta há 8 anos !!!!!!! investir no aeroporto de Lisboa mas o desgoverno do PS da geringonça do A Costa não tem competência para resolver o problema !