Depois de Southampton e London Gatweay, também Felixstowe, o maior porto de contentores do Reino Unido,  anunciou que, afinal, disponibilizará o serviço de pesagem de contentores exigida pelas novas regras da Convenção SOLAS, a partir de 1 de Julho.7

Felixtowe

Felixtowe permitirá que os contentores sejam entregues sem serem pesados, realizando essa pesagem nas dias balanças localizadas nos extremos do terminal. Porém, os carregadores que não comunicarem o peso bruto dos contentores até 24 horas antes da chegada do navio, terão de pagar 77 libras (97,4 euros) por contentor para cobrir os custos de pesagem do mesmo.

Martin Woor, representante da Hutchinson Ports, que opera o terminal de contentores de Felixstowe, admitiu que a empresa subestimou a procura do mercado pelos equipamentos de pesagem no porto. “Não pensávamos que fosse tão forte. À medida que nos aproximámos da data de implementação, pareceu-nos que a procura, pelo menos inicialmente, será elevada”, acrescentou.

Martin Woor – citado num encontro de agentes de navegação e shipbrokers – indicou que os clientes do porto prevêem que 70% a 80% dos contentores que chegarem por estrada a Felixstowe não terão o peso verificado.

A DP World, que opera os terminais de Southampton e de London Gateway, já comunicara a disponibilidade para pesar os contentores. De resto, há quem defenda que deveriam ser os terminais a assegurar esse serviço, evitando incumprimentos, incertezas e zonas “cinzentas”.

No Reino Unido, as autoridades anunciaram um período de três meses de tolerância no cumprimento das novas regras de pesagem antecipada dos contentores, após o que aplicarão as penas previstas e que incluem pesadas multas e mesmo prisão até dois anos.

Comments are closed.