O porto de Felixtowe dispõe a partir de hoje de um novo terminal de contentores, com dois cais capazes de receber os Triple E da Maersk.

Os novos cais do porto britânico marcam a primeira fase do plano de expansão promovido pela Hutchison Ports UK, avaliado em mil milhões de libras esterlinas. O objectivo é manter a liderança de Felixtowe no mercado britânico, mas também integrá-lo no clube muito restrito dos portos europeus capazes de operarem os navios porta-contentores de última geração.

Os Triple E da Maersk têm uma capacidade de 18 000 TEU. O novo terminal de Felixtowe está equipado com sete dos maiores pórticos de cais da actualidade, capazes de operarem sobre até 24 filas de contentores no convés dos navios.

Para facilitar a recepção e o escoamento dos contentores por via terrestre, o plano de expansão de Felixtowe prevê, para o próximo ano, a construção de um terceiro terminal ferroviário, capaz de operar comboios de até 30 vagões.

Felixtowe movimenta actualmente mais de 40% da carga contentorizada que passa pelos portos britânicos. Em termos de valor, serão uns 60 mil milhões de libras esterlinas anuais de importações/exportações. A expansão poderá acrescentar uns 20 mil milhões de libras àquele montante. Além de promover a criação de uns 1 500 postos de trabalho.

Comments are closed.