A regulamentação ferroviária, em Portugal e na Europa, na perspectiva dos diferentes stakeholders, é o tema para mais um seminário promovido pela Fernave.

A sessão decorrerá durante toda a manhã do próximo dia 19. Entre os oradores contar-se-ão representantes do IMTT (Emídio Cândido), Refer (Pedro Ferreira), CP (Dora Peralta), CP Carga (Leopoldo Rabaçal), AdferSit (Joaquim Polido) e APNCF – Associação Portuguesa para a Normalização e Certificação Ferroviária (Costa Freitas), além de Martins de Brito e do administrador executivo da Fernave, Rui Lucena.

A participação no evento é gratuita, mas as inscrições são obrigatórias e deverão ser feitas até ao próximo dia 11, segunda-feira.

Noutra frente, a Fernave prossegue com as acções de formação “on job” de quadros dos Caminhos-de-Ferro de Luanda, que para o efeito se deslocam de Angola.

A última “delegação” dos CFL foi composta por quadros das áreas de manutenção e via e de tracção, que tomaram contacto, no terreno, com as operações desenvolvidas pela Refer e Somafel, no primeiro caso, e pela CP, CP Carga e Refer, no segundo.

Em Maio, a Fernave tornou-se o parceiro exclusivo da CFL para a área de formação, competindo-lhe, entre outras funções, conceber e realizar o plano de formação daquele operador ferroviário angolano.

Comments are closed.