O modo ferroviário está a ganhar quota no transporte de mercadorias nos Alpes suíços. De acordo com a OFT (o organismo federal de transportes da Suíça), 71% das mercadorias na região foram transportadas por ferrovia, a percentagem mais elevada desde 2001.

CK303014.tif

 

O volume total de mercadorias transportadas através dos Alpes suíços no ano passado aumentou 3,7% em relação a 2015, atingindo 40,4 milhões de toneladas. Esse crescimento foi, sobretudo, absorvido pela via-férrea, de acordo com relatório da OFT, com resultado no já referido aumento de quota.

O tráfego ferroviário aumentou 6,4% em 2016, atingindo 28,6 milhões de toneladas.

Já o volume de mercadorias transportadas no Alpes suíços por camião aumentou, em 2016, 2,5% para 11,7 milhões de toneladas, mas o número de veículos caiu 3,4%, para 975 mil. De acordo com a OFT, é preciso recuar a meados dos anos 1990 para encontrar um número de camiões tão baixo.

A OFT recorda, em comunicado, que 2001 foi o ano da introdução da taxa sobre o tráfego de veículos pesados associada às emissões e do aumento gradual do limite de peso de 40 toneladas.

Os Caminhos-de-Ferro Suíços (SBB) dominaram no tráfego ferroviário nos Alpes do país em 2016, com a SBB Cargo International a ficar com 34,8% e a SBB Cargo com 29,9%. O terceiro maior operador foi a BLS Cargo, com 23,3%.

 

 

 

Comments are closed.