Embalado pelo crescimento de 26% na movimentação de cargas em Julho, o porto da Figueira da Foz já pensa em chegar ao final do ano com um resultado recorde.

Porto da Figueira da Foz

Recorde foi, para já, o volume de mercadorias registado no mês passado. As mais de 229 mil toneladas contabilizadas representaram um crescimento homólogo de 26% e superaram em 9% o melhor mês de sempre, que foi o de Outubro de 2014.

Com o impulso de Julho, o porto figueirense passou a somar 1,2 milhões de toneladas movimentadas em 2017, o que significa um aumento de 6,4% face aos primeiros sete meses de 2016 e ainda de 1% face ao verificado no período homólogo de 2014, até agora o melhor ano.

A carga geral é a principal culpada do bom resultado, com 624,5 mil toneladas processadas, a crescer 13,6%, sendo que os granéis sólidos, com 504 mil toneladas, ainda avançam 2,7%.

No acumulado de 2017, o porto da Figueira da Foz mantém a sua vertente maioritariamente exportadora, com 624,5 mil toneladas expedidas (mais 2,4% em termos homólogos), ainda que as importações tenham crescido 13,5% e chegado às 475,5 mil toneladas.

O porto da Figueira da Foz, recorde-se, tem planos para melhorar as acessibilidades marítimas e assim possibilitar a entrada/saída em segurança de navios de maiores dimensões.

 

Os comentários estão encerrados.