O porto da Figueira da Foz fechou o ano de 2015 com um movimento de dois milhões de toneladas, menos 7%, ou cerca de 150 mil toneladas, que em 2014, apurou o TRANSPORTES & NEGÓCIOS junto da administração portuária.

Porto da Figueira da Foz

As perdas aconteceram quase exclusivamente na carga geral fraccionada (que representa cerca de 50% da tonelagem movimentada na Figueira da Foz), que caiu 13,4% para a casa do milhão de toneladas. Em baixa estiveram também os granéis sólidos: cederam 3,3% para cerca das 798 mil toneladas.

Em alta, mas sem peso para inverter o quadro geral, a carga contentorizada avançou 9,9% até muito perto das 190 mil toneladas. O movimento de contentores superou os 2 000 TEU. Uma nota ainda para os granéis sólidos, que se estrearam com 12 mil toneladas movimentadas.

No ano transacto o porto figueirense recebeu menos navios (489, menos 6,5%) mas a arqueação bruta total aumentou 2,8% face a 2014.

O resultado de 2015 pode ter sido o pior dos últimos três anos mas 2016 começa bem para o porto da Figueira com a estreia anunciada para o fim de semana próximo das escalas da MacAndrews.

 

 

Comments are closed.