A Fincantieri fechou o ano de 2016 de volta aos lucros e com uma carteira de encomendas recorde, anunciou a companhia italiana.

Fincantieri

Os lucros de 14 milhões de euros registados no último exercício contrastam com as perdas de 208 milhões de euros sofridas em 2015. O volume de negócios cresceu 5,9%, em linha com o previsto, para 4,4 mil milhões de euros. A margem operacional atingiu os 6%, acima da média da indústria, sustenta a empresa.

No final de 2016, a Fincantieri tinha em carteira encomendas para 99 navios, num valor de 24 mil milhões de euros. Um recorde absoluto. Considerando o ritmo de entregas de 2016, os navios contratados garantem os próximos 5,4 anos de trabalho. Mas já no arranque de 2017 os estaleiros italianos contrataram com a Norwegian Cruise Lines a construção de mais quatro navios de cruzeiro, com opção para mais dois (estes a serem entregues já em 2026 e 2027).

O ano de 2016 da Fincantieri ficou ainda marcado pelo acordo de joint-venture para o mercado chinês e pela corrida bem sucedida à compra da rival francesa STX Europe.

 

Comments are closed.