A italiana Fincantieri assinou com a China State Shipbuilding Corporation (CSSC) e a Carnival Corporation & PLC um acordo vinculativo para a construção de dois navios de cruzeiros, com opção para mais quatro, nos estaleiros da CSSC.

carnival-vista

O negócio tem um valor de cerca de 1 500 milhões de dólares (1 424 milhões de euros) para as duas primeiras unidades. Os navios serão construídos para o mercado chinês no estaleiro SWS, do grupo CSSC. A primeira entrega está agendada para 2023.

Esta encomenda surge no seguimento da joint-venture entre a Carnival e o conglomerado CSSC para dar resposta ao crescimento do mercado de cruzeiros na China. E também do acordo entre a Fincantieri e a CSSC para a transferência de tecnologia.

Os navios terão um design pensado para a marca de cruzeiros chinesa que a nova companhia lançará para o mercado asiático.

“Estamos orgulhosos por podermos encomendar os primeiros navios de cruzeiros construídos na China e termos um papel de liderança no desenvolvimento das capacidades de construção naval de cruzeiros pela primeira vez na China, o que representa mais um marco importante na constituição de uma indústria de cruzeiros sustentável e próspera, e demonstra o nosso compromisso em ajudar a China a ser um mercado de cruzeiros líder no âmbito do seu plano de desenvolvimento a cinco anos”, afirma, citado pela assessoria de imprensa, o CEO da Carnival Corporation, Arnold Donald.

» Carnival vai construir dois navios de cruzeiro na China

 

 

Os comentários estão encerrados.