Os estaleiros italianos Fincantieri mais do que duplicaram os lucros no primeiro semestre, em termos homólogos, apesar do volume de negócios pouco ter subido.

Fincantieri-Delivers-Seven-Seas-Explorer-Cruise-Ship-1024x663

Entre Janeiro e Junho, a Fincantieri realizou um volume de receitas de 2,29 mil milhões de euros (1,3% mais do que há um ano). Os resultados líquidos subiram aos 11 milhões de euros (cinco milhões no período homólogo de 2016). A margem operacional avançou de 5% para 6,3%.

Ao longo do primeiro semestre, a companhia entregou cinco navios, entre eles três cruzeiros: Viking Sky, Majestic Princess e Silver Muse.

Para o segundo semestre, a Fincantieri projecta um maior aumento do volume de negócios com a construção de navios de maior valor acrescentado.

Compra da STX France parada

A Fincantieri continua, entretanto, a negociar com o Estado francês os termos da gestão dos estaleiros da STX France, em Saint-Nazaire.

Em meados de Maio a Fincantieri acordou a compra da posição de 66,66% da sul-coreana STX na STX France, por 79,5 milhões de euros. Nos termos do acordo, a Fincantieri reterá 48% da companhia francesa, a Fondazione CR Trieste ficará com 7% e a DCNS com 12%. O Estado francês manterá os seus 33%.

A compra da STX France pelo seu maior rival europeu não agradou a todos em França, pelo que o que tem estado a ser negociado com as autoridades de Paris é o modelo de governação dos estaleiros de Saint-Nazaire.

 

 

Os comentários estão encerrados.