A Fincantieri e a Carnival Corporation assinaram um memorando de acordo (MoA) para a construção de um navio de cruzeiro de última geração para a marca Cunard, com sede no Reino Unido.

Carnival

O acordo entrará em vigor quando todas as condições financeiras e técnicas forem satisfeitas.

O navio de 113 000 toneladas de arqueação bruta será construído no estaleiro de Monfalcone e integrará a frota da Cunard em 2022. Com capacidade para 3 000 passageiros, o navio será o 249.º a ostentar a bandeira Cunard desde a fundação da companhia, em 1839.

A Cunard opera, no presente, três navios: o Queen Elizabeth, o Queen Mary 2 e o Queen Victoria.

“A melhoria da frota é uma parte importante do nosso objectivo contínuo de superar as expectativas dos passageiros. Isso inclui a substituição de navios menos eficientes por outros mais eficientes ao longo do tempo como parte do nosso crescimento da capacidade”, afirma, citado em comunicado, o CEO da Carnival Corporation, Arnold Donald.

“Para este grupo [Carnival], construímos 63 navios, representando hoje quase dois terços da sua frota, com outros nove previstos para os próximos anos”, destaca, por seu turno, o CEO da Fincantieri, Giuseppe Bono.

Com este novo acordo de construção, a Carnival Corporation tem, no presente, 18 novos navios de cruzeiros com entrega prevista para o período entre 2018 e 2022.

 

 

 

 

Comments are closed.