A Beiqi Foton Motor poderá antecipar para o ano corrente a criação de uma fábrica de camiões ligeiros no Brasil, adiantou o vice-presidente da Foton Aumark, que representa a marca chinesa naquele país.

“Tivemos que antecipar de 2018 para 2013 a construção da fábrica no Brasil devido ao aumento do Imposto sobre os Produtos Industrializados, que penaliza as empresas produtoras de automóveis que não apresentem uma incorporação nacional de 65% nos seus produtos”, Orlando Merluzzi, citado na imprensa local.

Merluzzi escusou-se a revelar em que região do Brasil será construída a fábrica mas garantiu que as negociações com o governo estadual estão avançadas, indo a produção concentrar-se inicialmente em veículos leves e semi-leves entre as 3,5 e as 8,5 toneladas.

Em Setembro do ano passado, responsáveis do grupo chinês estiveram no estado de Goiás, a avaliar possíveis localizações para a fábrica. Na altura, o “Folha de São Paulo” referiu que também o estado de Pernambuco estaria na corrida pela captação do investimento.

Na altura, o investimento previsto era de 500 milhões de dólares.

A Foton Aumark já importa há três anos camiões do grupo chinês, que são comercializados pelos três concessionários existentes, em Guarulhos, Várzea Paulista e Jundiaí. Até ao final do ano a rede deverá crescer para 30 concessionários, nomeadamente nos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Goiás e Distrito Federal.

Fundada em Agosto de 1996, com sede em Pequim, a Beiqi Foton Motor Co. fabrica camiões ligeiros e pesados, tractores agrícolas e maquinaria diversa. Em 2010 estabeleceu uma parceria com a Daimler para a produção na R.P. China de camiões da marca Auman.

Os comentários estão encerrados.