França e Bélgica vão avançar com o projecto transfronteiriço do Sena-Scheldt, integrado nos corredores Mar do Norte-Mediterrâneo e Atlântico da RTE-T.

A via fluvial prevista, com 1 100 km de extensão ​​nos dois países, estará concluída até 2030 e permitirá a navegação de navios de 4 400 toneladas.

O objectivo do projecto é alcançar uma transferência modal do tráfego de mercadorias de longo curso, de modo a que esta via fluvial assuma volumes que actualmente são feitos pelo transporte rodoviário.

A este respeito, o documento aprovado pela Comissão Europeia afirma que “a promoção do transporte por vias navegáveis ​​interiores para o tráfego de mercadorias é uma clara prioridade da política de transportes da UE e tem sido uma prioridade da política da Rede Transeuropeia de Transportes (RTE-T)”.

O acordo estabelece que a Europa assumirá, através do CEF (Mecanismo Conectar a Europa) 2014-2020, até 50% do custo dos estudos e 40% das obras. Durante o período 2021-2027, o projecto poderá beneficiar de uma percentagem máxima de 50% do custo de construção.

Tags:

Comments are closed.