O governo francês quer que as concessionárias das auto-estradas revertam para os utilizadores parte dos lucros, avançou a ministra da Ecologia, Ségolène Royal, numa entrevista à RTL e à LCI.

A governante afirmou que no ano passado aquelas empresas distribuíram cinco mil milhões de euros de dividendos e que a sua intenção é conseguir mil milhões de euros.

Ségolène Royal recordou que a Autoridade da Concorrência francesa concluiu que as concessionárias das auto-estradas do país distribuíram 17 mil milhões de euros em dividendos desde que foram privatizadas.

A ministra da Ecologia disse que “o papel do Estado é proteger os utilizadores” e que se não houver acordo com as concessionários a alternativa será denunciar os contratos. Royal repetiu que “seria chocante” que em Fevereiro houvesse um aumento das portagens de 0,75%, como pretendem as concessionárias.

Sobre o abandono da ecotaxa, a ministra da Ecologia francesa explicou que os quatro cêntimos por litro de gasóleo que estão a ser cobrados desde 1 de Janeiro permitirão arrecadar 1,7 mil milhões de euros.

 

 

Comments are closed.