Janeiro foi um mês recorde na entrega de novos porta-contentores. E nenhum foi entregue para abate. A frota inactiva continua a diminuir, segundo a Alphaliner.

Em Janeiro, os armadores receberam dos estaleiros navios com uma capacidade agregada de 228 mil TEU. E com isso a frota mundial atingiu os 20,98 milhões de TEU – uma subida de 10,8% face ao mesmo mês de 2017, estima a consultora.

Ao mesmo tempo, e pela primeira vez em sete anos, não se realizaram vendas de navios para desmantelamento.

Com isso, a frota de porta-contentores activa continua a crescer, com as companhias a permanecerem relutantes em tirar capacidade de circulação, apesar das entregas de novos navios e do fraco crescimento dos preços médios dos fretes.

A frota inactiva de porta-contentores de mais de 500 TEU de capacidade continuou a diminuir no primeiro mês do ano, caindo para uma capacidade conjunta de 301 116 TEU (em 82 embarcações) a 22 de Janeiro, abaixo dos 416 640 TEU um mês antes.

 

 

 

 

Os comentários estão encerrados.