A FRS já iniciou o serviço Huelva-Canárias, até aqui operado pela Naviera Armas. Seguir-se-á o Motril-Melilla.

O serviço para as Canárias é operado com o Volcán del Teide, fretado à Naviera Armas. .

A embarcação ro-ro tem capacidade para mais de 1 500 passageiros e 300 automóveis. Com 175 metros de comprimento e 28 de largura, pode transportar 2 000 metros lineares de carga rodada, a uma velocidade de até 26 nós.

A passagem do Huelva-Canárias para a FRS foi um dos “remédios” impostos pela autoridade da Concorrência espanhola para viabilizar a compra da Trasmediterránea pela Naviera Armas. O mesmo acontecerá com a ligação Motril-Melilla.

A FRS Iberia tem mais de 18 anos de experiência no Estreito de Gibraltar e conta com mais de 800 funcionários e oito embarcações. Transporta mais de 1,8 milhões de passageiros e 400 mil veículos por ano no Estreito.

» Naviera Armas já pode comprar a Trasmediterránea

Tags:

Os comentários estão encerrados.