O Grupo Garland fechou o ano de 2015 com um volume de negócios de 109 milhões de euros, uma subida homóloga de 11,2%. Desde 2012, o grupo cresceu mais de 30%.
Garland

A área de transportes e logística continuou sendo a mais  importante do grupo, tendo crescido 8% e atingido um volume de receitas de 58,4 milhões de euros.

Em particular, o negócio da navegação atingiu uma facturação de 41 milhões de euros, com 729 navios agenciados e 206 435 TEU movimentados, refere o comunicado emitido a propósito. Entre as empresas que integram o portfolio destacou-se a Ocidenave, com um crescimento de 35%,  acrescenta o texto.

Ainda na área do transporte marítimo, o Grupo Garland movimentou 4 851 contentores de granéis e 126 658 de carga diversa. No transporte aéreo, processou 1 051 toneladas (mais 105 toneladas que em 2014). E no transporte rodoviário contabilizou 21 851 camiões internacionais (mais 1 773 em termos homólogos).

O Grupo Garland comemora este ano os 200 anos de existência, assumindo-se como uma das empresas mais antigas do País em actividade.

 

Comments are closed.