A GEFCO adiou, por um período indefinido, a dispersão do capital em Bolsa. A decisão, avança a imprensa francesa, tem como causa o clima pouco favorável ao investimento nos mercados bolsistas . . .

 

*** CONTEÚDO DE ACESSO RESERVADO. FAÇA LOGIN OU TORNE-SE ASSINANTE T&N ***

Tags: