A NTV, primeiro operador privado de Alta Velocidade italiano, vai ser comprada pela Global Infrastructure Partners (GIP), por 1,98 mil milhões de euros.

A transacção já foi acordada pelas partes e fica agora apenas dependente das autorizações das autoridades da Concorrência competentes.

A GIP, que gere fundos de mais de 40 mil milhões de dólares, tem na sua carteira de participações, entre outros, o aeroporto de Gatwick, em Londres, o porto de Melbourne e a Pacific National, operador ferroviário de transporte de mercadorias australiano.

O valor da oferta compreende 1,94 mil milhões pelos 100% do capital da NTV, 30 milhões de euros por conta dos dividendos relativos a 2017 e dez milhões de euros para compensar os custos da preparação da ida da NTV para a Bolsa. A cotação na Bolsa de Milão, prevista para o final do mês corrente, foi abandonada.

O acordo com os accionistas da NTV confere-lhes a opção de reinvestirem na empresa até 25% do encaixe da venda, nas mesmas condições do negócio agora feito, na prática voltando a ser accionistas.

Fundada em 2006, a NTV transportou no ano passado 12,8 milhões de passageiros (mais 15,3% em termos homólogos) na rede de Alta Velocidade italiana, usando para tal uma frota de 25 AGV. Em Dezembro, a companhia recebeu os primeiros quatro de 17 comboios pendulares, com que se propõe reforçar a oferta. Os restantes ser-lhe-ão entregues até 2019.

No ano passado, os proveitos operacionais da NTV cresceram 24,8% para 454,9 milhões de euros. Os lucros passaram de 32,7 milhões de euros, em 2016, para 33,8 milhões de euros, em 2017.

 

Tags:

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*