A EMEL lançou ontem um concurso público para aquisição de 1 500 bicicletas para a rede Gira, num investimento de quatro milhões de euros, anunciou a empresa municipal de Lisboa.

Gira receberá mais 1500 bicicletas até ao final do ano

Actualmente, a Gira, sistema municipal de bicicletas partilhadas, tem 750 bicicletas em operação e 81 estações. A EMEL prevê que as novas bicicletas entrem em operação no último trimestre do ano corrente.

Fonte da empresa disse à “Lusa” que este é “um primeiro concurso para suprir falhas mais rapidamente”, acrescentando que posteriormente será lançado outro concurso, mas sem avançar com datas.

A rede de bicicletas Gira tem sido alvo de sucessivos atrasos. Em Maio do ano passado, a EMEL previa lançar um concurso para a expansão da rede até ao total de 3 500 bicicletas, 80% das quais eléctricas, e até 350 estações, durante um período máximo de oito anos. O concurso não aconteceu, Um mês antes, em Abril, a empresa tinha rescindido o contrato com a Órbita, a fornecedora das bicicletas do sistema, por incapacidade para prestar o serviço contratualizado.

Na altura, a EMEL aplicou penalidades contratuais à Órbita num valor total superior a quatro milhões de euros. A empresa faliu entretanto.

 

Tags:

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*