A partir de 2  de Janeiro, a população das quatro freguesias do concelho de Góis terá uma nova oferta de transportes públicos, o GoiSIM, fruto de uma parceria entre a autarquia local e a Transdev.

transdev

A nova rede integrará nove circuitos, num total de 300 quilómetros, que garantirão diariamente a ligação da periferia à sede do concelho e, ali, aos principais centros geradores de tráfego (desde logo, onde se situam os serviços públicos). Uma melhoria significativa face à “carreira” semanal, às terças-feiras, dia de mercado.

Igualmente serão reforçadas as ligações a Coimbra, Lousã, Arganil e Vila Nova de Poiares, com horários ajustados a quem se desloca para trabalhar ou estudar.

Em Janeiro, a utilização do GoiSIM será gratuita. Depois, cada viagem custará entre 50 cêntimos e um euro, sendo criados passes sociais para os aposentados (sete euros/mês) e para a população em geral (12 euros/mês). O transporte  escolar mantém-se gratuito.

A autarquia prevê investir 90 mil euros no GoiSIM.

A nova oferta de mobilidade foi desenvolvida em parceria entre a Câmara Municipal de Góis e a Transdev, transportadora já com larga experiência no desenho e implementação de soluções semelhantes.

 

 

Tags:

Comments are closed.