A Google iniciou esta semana testes reais com camiões autónomos carregados. A bordo dos camiões, que pervprre, estradas do Leste dos Estados Unidos, seguem motoristas que apenas supervisionam a operação.

Os Peterbilt de Classe 8 da Waymo, a subsidiária da Google especializada em veículos autónomos, transportarão mercadorias entre Atlanta e os centros de dados da Google. Isto representa uma mudança radical, dado que a subsidiária do gigante tecnológico apenas havia testado a tecnologia de condução autónoma em estradas com menor densidade de tráfego na Califórnia e no Arizona ao longo do ano passado.

Com este teste-piloto, a Waymo pretende avançar no desenvolvimento de dispositivos de condução autónoma, para facilitar a sua integração com outros intervenientes da cadeia de abastecimento.

Tesla e Uber também testam

O anúncio da filial da Google surge poucos dias depois da Tesla ter divulgado o início de serviços de transporte reais entre Reno (Nevada) e Freemont (Califórnia). Também a Uber anunciou que está a testar camiões autónomos no Arizona desde Novembro.

Estes são, assim, os primeiros passos no que promete ser uma revolução do transporte de mercadorias. Poderá estar em causa uma alteração radical do emprego dos motoristas de longo curso.

» Uber testa camiões autónomos no Arizona

 

Comments are closed.