Como afirmara, o Governo relançou o concurso para a concessão da exploração da STCP e Metro do Porto mantendo o caderno de encargos. Resta saber quantos dos 24 convidados aceitarão desta feita o repto.

Metro do Porto

O Ministério da Economia confirmou o lançamento de um novo concurso para a STCP e Metro do Porto. No passado sábado, as 24 entidades que levantaram o caderno de encargos no primeiro concurso foram convidadas a interessar-se de novo pelo processo.

O caderno de encargos, anteriormente tão criticado por (quase) todos os potenciais candidatos e não só, mantém-se (não se sabe se com as “alterações” entretanto negociadas com a TMB/Moventis). No primeiro concurso, apenas dois candidatos o acharam exequível: a TMB/Aventis, que acabou por não pagar a caução a que estava obrigada; e a Alsa/National Express, cuja proposta não foi aceite.

O Governo confia que desta vez será diferente, animado pelo concorrido processo de concessão da exploração da Carris e Metropolitano de Lisboa. Os potenciais candidatos têm 12 dias para apresentar as respectivas propostas.

Apesar do falhanço da primeira tentativa, o Executivo aposta em fechar a concessão da STCP/Metro do Porto ainda nesta legislatura.

Comments are closed.