Noventa dias é o prazo fixado pelo Governo para receber propostas para a generalizar o Andante a todos os operadores de transportes públicos da AM Porto e para a simplificação do actual tarifário.

As propostas deverão ser apresentadas pela Autoridade Metropolitana de Transportes do Porto, em colaboração com os operadores e com a TIP – Transportes Intermodais do Porto, que gere o actual sistema Andante.

De acordo com o despacho do secretário de Estado dos Transportes hoje publicado em Diário da República, pretende-se definir os “princípios de utilização das unidades intermodais em cada operador, incluindo os requisitos técnicos e processuais subjacentes à sua implementação e correcto funcionamento”, definir os “princípios de simplificação tarifária, associados às unidades intermodais, e a forma da sua concretização por cada operador” e planear e calendarizar as acções necessárias para que tudo esteja operacional até Dezembro de 2011.

O Andante nasceu com o Metro do Porto com a intenção de promover a integração tarifária entre os diversos operadores. Hoje abrange operações da STCP, da CP Porto e de um número crescente de operadores privados de transportes públicos da Área Metropolitana do Porto.

Comments are closed.