A Grimaldi irá acrescentar 17 navios ecológicos à frota. O anuncio foi feito pelo director-geral da companhia, Emanuele Grimaldi, na Euromed Convention From Land to Sea.

Dos 17 novos navios da Grimaldi, 12 serão da classe GG5G para o transporte de cargas rodadas e outros cinco serão de transporte de automóveis e camiões (PCTC).

“Serão os navios de carga rolante mais ecológicos do mundo”, assegurou o responsável máximo pela Grimaldi, que tem como objectivo de longo prazo conseguir efectuar o transporte de mercadorias e de passageiros sem emissões.

As 17 embarcações a encomendadas agora fazem parte do esforço da Grimaldi para cumprir as normas de teor de enxofre que a IMO começa a aplicar já a partir de Janeiro.

Nesse sentido, a companhia de navegação espera ter em breve 101 navios, de uma frota de 130, equipados com filtros de gases de escape (scrubbers), sendo, a partir de Janeiro de 2020, os restantes navios abastecidos com combustível de baixo teor de enxofre.

Por outro lado, a Grimaldi lançou concurso para a construção de dois Ro-Pax da classe Superstar para as rotas do Báltico, “que serão equipados com as maiores baterias alguma vez instaladas num navio”, segundo a empresa.

Esta tem, além disso, em fase de projecto um novo navio de cruzeiro a alinhar no Mediterrâneo que será equipado com as mais avançadas tecnologias do ponto de vista da protecção ambiental.

 

 

 

Comments are closed.